República Portuguesa | Saúde Portal do SNS
farmacia

Os Serviços Farmacêuticos (SF) do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, EPE (CHBV) constituem um serviço de apoio direto à prestação de cuidados de saúde. Neste serviço, 30 profissionais garantem que os medicamentos necessários ao tratamento dos utentes das três unidades hospitalares do CHBV (Hospital Infante D. Pedro – Aveiro, Hospital Distrital de Águeda e Hospital Visconde de Salreu – Estarreja) estão disponíveis e são utilizados de forma segura e eficaz.

Os SF têm um conjunto de atividades tecnicamente diferenciada e exercidas por farmacêuticos (FH), técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica (TSDT), assistentes técnicos (AT) e assistentes operacionais (AO) que, articulados entre si, inseridos em equipas clínicas, tendo por base organizacional os SF e por objeto e perspetiva, o doente, permitem a obtenção dos melhores rácios risco-benefício e custo-utilidade da utilização dos medicamentos e outros produtos farmacêuticos, verificando simultaneamente ganhos mensuráveis em saúde suportados na eficácia e eficiência da produção hospitalar.

A nossa linha estratégica está alinhada com o plano estratégico do Conselho de Administração.

A Farmácia Hospitalar com o desenvolvimento das tecnologias de saúde e da evolução dos cuidados de saúde, absorveu muitas atividades, com vista à melhoria da sua eficiência e da qualidade dos seus serviços, tendo como objetivo final o utente e o sistema de saúde.

Os Serviços Farmacêuticos têm um papel fundamental, na utilização dos medicamentos por parte dos profissionais de saúde, mas também dos doentes, a utilizarem melhor os medicamentos, garantindo uma boa utilização e vigilância, bem como uma maior racionalização dos gastos.

À Farmácia Hospitalar, cuja importância se afigura inegável neste contexto, não se deixará de pedir um contributo fundamental, sendo necessário que o farmacêutico hospitalar sinta a necessidade de se estabelecer como um elemento dinamizador de processos de otimização e criador de desempenhos de excelência no âmbito da sua atividade, quer do ponto de vista técnico (preocupação que sempre existiu), como do ponto de vista económico e financeiro (desafio crescente), e porventura social também.

 

 

MISSÃO

fatosContribuir para a melhoria da saúde do doente a partir da dispensa e/ou seguimento farmacoterapêutico mediante cuidados farmacêuticos especializados, que acrescentem valor ao processo assistencial e promovam e permitam a utilização Efetiva, Segura e Eficiente dos medicamentos num ambiente de assistência integral e contínua.

 

VISÃO

Ser uma referência da farmácia hospitalar no seu grupo de hospitais (grupo C), reconhecida pelas boas práticas, pela inovação e resultados obtidos.

 

VALORES

Os cuidados ao doente; Credibilidade; Respeito; Inovação e Proatividade.

 

 

 

 

 

 

Os Cuidados Farmacêuticos num serviço de saúde moderno, tem de garantir como uma das suas principais centralidades, o Serviço ao Utente e o compromisso com os resultados da terapêutica individualizada.

Modelo de gestão baseado em processos/ procedimentos, assente na valorização dos recursos humanos, na satisfação dos clientes, orientando para objetivos estratégicos do CHBV, conforme representação esquemática que consta a seguir:

 

peixe

 

Os Serviços Farmacêuticos coordenam e centralizam todos os meios necessários ao cumprimento dos seus objetivos:

a) Prestar cuidados farmacêuticos de qualidade, enquadrados na prestação de cuidados de saúde desenvolvidos pelo hospital, assegurando o cumprimento dos requisitos normativos, legais e outros que os serviços subscrevam;

b) Gerir os processos, respeitando e valorizando as necessidades do utente e de outros profissionais de saúde;

c) Os SF têm um papel fundamental, na utilização dos medicamentos por parte dos profissionais de saúde, mas também dos doentes, a utilizarem melhor os medicamentos, garantindo uma boa utilização e vigilância, bem como uma maior racionalização dos gastos;

d) Participar em Comissões Técnicas e todas aquelas que a lei ou o regulamento interno do CHBV prevejam;

e) Desenvolver projetos e programas para a satisfação das necessidades em saúde e prevenção das doenças;

f) Promover e colaborar no desenvolvimento de ações de investigação científica;

g) Estabelecer relações de parceria com os fornecedores, que se traduzam em ganhos para os utentes, serviço e entidades clientes dos Serviços Farmacêuticos;

h) Garantir a disponibilização das condições e meios de trabalho adequados e em constante atualização tecnológica;

i) Promover a formação e informação dos profissionais, de modo a estimular a constante motivação, qualificação e atualização, para o exercício correto e rigoroso das suas competências;

j) Melhorar continuamente a eficácia do Sistema de Gestão da Qualidade, estabelecendo estratégias de desenvolvimento e otimização dos serviços.

 

A Equipa dos Serviços Farmacêuticos, tem esta organização:

organogramaFarmacêuticos:

• Ana Rocha

• Anabela Madalena

• Cristina Mautempo

• Cristina Paulo Pires

• Jorge Teixeira

• José Miguel Pedro

• Manuela Vieira

• Michele Martins

• Patrícia Barbosa

• Paulo Horta Carinha – Diretor

 

 

Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica – ramo Farmácia:

• Ana Paula Fernandes

• Catarina Costa

• Catarina Lourenço

• Fátima Marinheiro

• Joana Paiva Martins

• José Carlos Bastos

• Maria João Lau – Coordenadora

• Pedro Cruz

• Susana Ré

• Virgínia Cerveira

 

Assistente Técnicos:

• Carla Carreira

• Natália Barreto

• Natália Fernandes

 

Assistentes Operacionais:

• Diogo Pinto

• Fátima Figueira

• Fernanda Vieira

• Maria das Dores Ventura

• Nuno Pereirinha

• Silvina Vieira

 

 

Diariamente, no CHBV…

dia

 

A Arquitetura Funcional do Circuito do Medicamento no CHBV, é representada no seguinte esquema:

 

arquite

 

 

 

Horário para levantamento da medicação:

– Dias úteis das 09h00 às 18h00

 

Imagem7

 

 

 

 

Os Serviços Farmacêuticos estão centralizados em Aveiro (Hospital Infante D. Pedro), no bloco 6/8.

Email: servicos.farmaceuticos@chbv.min-saude.pt

Telefone: 234 378 307